CFCH - Centro de Filosofia e Ciências Humanas

>> DESTAQUES

Pedagogias da Imagem exibe "Mad Max: Estrada da Fúria" seguido de debate sobre o Feminismo

O evento acontece no Auditório Professor Manoel Maurício de Albuquerque, localizado no andar térreo do prédio do Centro de Filosofia e Ciências Humanas (CFCH), no campus universitário da Praia Vermelha. O endereço é Avenida Pasteur, 250, Urca. A entrada é franca.

Sinopse

A franquia australiana Mad Max aborda a sociedade distópica, pós-apocalipse nuclear, na qual os sobreviventes da terra devastada lutam por recursos naturais escassos. As três primeiras versões do clássico dos anos 1980 foram protagonizadas por um homem. Já na última, o protagonismo da personagem título é compartilhado com uma mulher, a Imperatriz Furiosa. 

A professora Suzana de Castro comenta: “O que mudou de lá para cá? Certamente, o filme reflete uma tendência em desconstruir a imagem da mulher como vítima, sem capacidade de agência e reflexão, e colocar em seu lugar outro modelo. Mas o quanto de feminismo podem esses roteiros suportar? Há um limite? O filme confronta os valores e estrutura da sociedade capitalista patriarcal? Nesta fala, falarei sobre o feminismo de ‘Mad Max, estrada da fúria’, as representações dos papeis de gênero e o simbolismo contido na sua estética faroeste”.

Cineclube Pedagogias da Imagem

O Cineclube Pedagogias da Imagem foi criado em 2016 pelo Setor de Cultura, Comunicação e Divulgação Científica e Cultural (SECULT) da Faculdade de Educação (FE) da UFRJ. Todos os meses são realizadas exibições de filmes seguidas de debates com especialistas do tema abordado na obra. 

Compartilhe este conteúdo